nova ala do MNAC

translate to English


 Da colecção na parte nova na Rua Capelo.





Da  exposição temporária no antigo edifício da Rua Serpa Pinto.

Há dias atrás visitei a recém-inaugurada ala/exposição do Museu Nacional de Arte Contemporânea.
Depois de tanta polémica e tanta demissão e manifestação fiquei com curiosidade.
Ocupa uma parte do edifício onde estava instalado o Governo Civil de Lisboa antigamente.
Apanhei uma desilusão. O espaço é mínimo, e a colecção não consegue sequer ocupar o espaço livre (além de outros critérios discutíveis para se poder dizer que se trata de uma colecção, se por acaso existe algum critério sobre o número mínimo de obras dúvido que o tenham aplicado aqui). Não tenho a certeza se gosto do modo como fizeram o restauro. E não tem qualquer ligação às antigas instalações o que é uma estupidez.
Lá saí do edifício, fui até à Rua Serpa Pinto, e a desilusão ainda foi maior quando tentei de novo visitar a exposição permanente e descubro que afinal já não existe!
Como boa cidadã, e lisboeta, dei-me ao trabalho de preencher o questionário electrónico. Fiz questão de deixar registado que estava profundamente desiludida por terem retirado a exposição permanente, e deixei o meu contacto telefónico como pediam. Se for mesmo verdade gostava mesmo muito de receber o telefonemazinho destes senhores. Que raio de gente esta com a mania das modernices e que vai de mudar as coisas mesmo quando elas estão bem e se recomendam!

5 comentários:

  1. Olá Paula, ainda não fui lá, mas se dizes que a "reforma" não tem nada a ver com o passado, só isso já me desilude. Gosto muito quando as reabilitações homenageiam o que lá está ou estava. Isso de passar a borracha e tornar as instalações completamente contemporâneas , é uma intervenção que geralmente também não me agrada. Beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Val, não posso dizer que não gostei mas de facto não fiquei a morrer de amores pelo que vi. Na realidade não achei nada de especial mas se ainda não visitaste as novas instalações não vou comentar mais para não estragar a expectativa. Fico com curiosidade em saber a tua opinião quando lá fores. bin.

      Eliminar
  2. Museography is a tricky thing. In our country we seem to be going towards the social media(ted) art exhibitions: areas where you can take selfies, hashtags that you can share ... hideous!
    Thank you very much Paula for stopping at my blog, and your nice words. Happy birthday to you too, and good luck with your studies - I'm all admiration!

    ResponderEliminar
  3. Olá, sou a Isabel e acompanho o seu blog há algum tempo, sou aliás leitora assídua de muitos outros blogs diáriamente, e, como tal decidi criar um blog onde divulgo os blogs que acompanho, (mas apenas escritos em português) sejam de receitas, artesanato, fotografias, moda, decoração, etc.

    Faço um pequeno tópico onde convido á visita dos blogs com hiperlink bem visível, de alguns posts do dia.
    Não faço reprodução de fotos nem textos dos autores, leio e divulgo.
    (Todas as fotos publicadas no meu blog são minhas.)

    Estou em "Conchas e Búzios" (http://conchasebuzios.blogspot.pt/).

    Resta-me apenas parabenizar o seu trabalho e agradecer uma visita ao meu cantinho quando for oportuno.

    Isabel Guerreiro
    iguerreiro2002@gmail.com

    ResponderEliminar

botões de partilha